sábado, maio 13, 2006

O Primeiro Segredo

O objectivo das aparições em Fátima era revelar ao Mundo três segredos. Quem ler esta frase pode pensar que os segredos eram coisas importantes e merecedoras de atenção, mas a verdade é que são os segredos mais estúpidos que já vi.

O primeiro segredo era uma visão do Inferno. Disse Maria: "Vocês viram o Inferno para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para salvá-los, Deus deseja estabelecer no mundo devoção ao meu Imaculado Coração."

Este segredo é estúpido por três razões. A primeira: não existe Inferno. A segunda: Pensei que Deus já tinha executado o plano de salvação eterna? A terceira: Quem quer saber do Imaculado Coração de Maria?

Acho que é bastante óbvio que não existe Inferno, mas talvez para quem acredite em Deus isto não seja tão fácil de ver, especialmente se levaram com este dogma da Igreja a vida toda. Mas pensem, se Deus é amor nunca faria algo tão cruel como condenar eternamente alguém só porque errou. A história da 'ira de Deus' não passa de uma projecção humana. Jesus disse: 'perdoem os vossos inimigos e aqueles que vos fazem mal. Quantas vezes devem perdoar? Setenta vezes sete. Sejam perfeitos como o vosso Pai é perfeito.' Ainda acham que Deus, se existisse, mandava alguém para o Inferno? A Igreja Católica que gosta imenso de dizer 'Deus é amor' já devia ter percebido isto...

Quanto aos pobres pecadores desesperamente necessitados de salvação... Onde está a Cruz? Não era suposto a Cruz ser a Definitiva Salvação? "Deus amou tanto o Mundo que enviou o seu único filho para morrer na cruz pelos pecados do Mundo." Não é isto que se diz por aí? Então porque é que precisam de mais salvação? O que é que o Imaculado Coração de Maria acrescenta a isto?

Sejamos sinceros, qual é a importância de Maria? Alguém fala na mãe do Buda? Ou na mãe de Gandhi? Ou na mãe do Malcolm X? Se o que interessa é o que disse Jesus, se o exemplo a seguir é o dele, para que é que a mãe dele é para aqui chamada? Nem o próprio J falava da mãe!

Para quê uma pessoa dedicar-se ao Coração Imaculado de Maria quando se pode dedicar a um outro Coração mais importante? Claro que ela deve ter sido boa mãe, e boa esposa, e óptima cozinheira e tudo isso, mas daí a ser justificada uma devoção total acho que ainda vão uns passos. Para além de que a parte do Imaculado vêm da Imaculada Concepção, o que já de si é uma tolice. Jesus foi concebido da mesma maneira que eu, que a Kate, que todos nós. A ideia de que Maria foi virgem toda a vida e que José aceitou a ideia muito bem e foi também puro toda a sua vida é francamente perturbadora. Só mesmo a Igreja Católica para divulgar uma coisa destas.

Concluindo, este primeiro segredo não tem lógica absolutamente nenhuma. Deve ter sido inventado por um ateu... =p

12 comentários:

Beks disse...

Pensava que ias falar nos tres :|...
falaste só num...mas ok, tambem acho que nao se perde nada :D lol
Sublinho tudo aquilo que disseste...
ate me irritas...dizes tudo que depois eu quando venho comentar já só posso concordar...
RRRRRRR
Deixa-me tambem dar novidades ó garganeira...
:P

Athanais disse...

Tiro-te o meu chapéu! brutalissimo este teu blog! vou passar a ser visita super hiper mega regular! adorei! =P

vou linkar noutro dia q agr n tnh mta paciencia! bjookas**

Alexx disse...

Percebo-te...
E concordo plenamente contigo no que diz respeito ao Inferno, também já bati nessa tecla vezes demais...
Por outro lado, acho que talvez devêssemos dar alguma importância a Maria. Não só por ela ser a mãe de Jesus, não só por ela ter um coração imaculado ou não, mas porque é mulher. E porque talvez seja mais do que Maria, mãe de Cristo. Talvez tenha um significado mais antigo e mais poderoso do que esse. Desde tempos imemoriais que se atribui à mulher uma importância fenomenal - não sei se estás familiarizada com a cultura e as crenças celtas, mas para mim fazem um estranho e retorcido sentido: eles não tinham um deus, tinham vários; mas a principal era a Deusa, a Mãe, aquela que concebera este mundo. Os católicos, tendo-se apropriado de quase tudo o resto em diferentes culturas, não podiam deixar passar este símbolo grandioso, e creio (mas não tenho certezas, logo não teimo contigo nem com ninguém; isto é só a minha convicção) que a tenham assim transformado na Virgem Maria (a Deusa que nunca fora virgem e que agora o era), uma imagem à qual sempre prestaríamos homenagem.

Suntory Time disse...

Sim, o que dizes é verdade, a devoção a Maria vem precisamente daí. Mas a Igreja, como sempre foi hábito, não soube fazer as coisas... Foram buscar a mãe de Jesus, inventaram que era virgem, e atribuíram-lhe uma importancia que ela nunca teve. E porque é que fizeram isto? Para apagar uma outra figura feminina, que, essa sim, teve importancia: Maria Madalena.

Madalena era a mulher de Jesus, a quem ele ensinou e por quem tinha especial predilecção (no evangelho de João é referida como 'o discípulo que ele amava'; as traduções católicas interpretam este discípulo como sendo João Evangelista). Alguns cristãos (não católicos, evidentemente) acreditam que Madalena era Co-Messias com Jesus (curiosamente existe agora um movimento católico que quer que o Papa diga oficialmente que a virgem Maria é co-redentora...), Deus encarnado em mulher, destinada a encontrar-se com o lado masculino dessa encarnação para assim serem na Terra a união perfeita que tinham sido no Céu. isto faz algum sentido, especialmente se considerarmos algumas coisas que Jesus ensinava:

Sabemos que Jesus chamava Abba, ou seja Pai, a Deus. Mas o que ele lhe chamava na realidade era Abba-Amma, o que quer dizer Pai-Mãe. Deus, enquanto entidade suprema e divina é masculino e feminino ao mesmo tempo, ou seja Pai e Mãe. Jesus dizia que devia ser respeitado o Pai Celestial e a Mãe Terra, pois ambos eram divinos. Não me surpreende que um certo grupo terra omitido a parte da Mãe Terra.

Voltando à Madalena. Jesus disse que ela e Tiago, que era seu irmão, seriam os dois apóstolos mais importantes, que seriam "como uma torre". (Um dos significados de Maria Madalena é precisamente Maria, a Torre [da palavra migdal, que significa torre]) Foi ela que andou por ali a pé a ensinar as pessoas, e a fazer boas acções, e que esteve sempre ao lado de Jesus. Jesus falava bastante nela.

Tens razão quando dizes que se deve dar atenção a uma mulher, mas andamos a dar atenção à mulher errada...

Alexx disse...

Antes de mais tenho um coisa a dizer: adoro ler o que tens para dizer!! Explicas as coisas com uma clareza tal que só posso concordar contigo em tudo o que dizes. E acredita, respondes a muitas das minhas perguntas sobre a fé :)
Agora relativamente ao que hoje me ensinaste, de facto faz muito mais sentido que assim seja, e assim sendo leva-nos a crer mais uma vez que a Igreja distorceu os factos todos para manter a Mulher submissa, invisível, não-importante numa sociedade machista. As mulheres deviam agir como Maria santa e virgem, as que assim não o fizessem era bruxas, pecaminosas, e sofreriam o seu castigo. Mas essas mulheres recordam-me Lillith, a primeira mulher de Adão, da qual estranhamente nunca nos ensinam nada na catequese. Não me quererás ensinar tu? Eu gostaria :)

Joana* disse...

Gostei do que li...desconhecia este teu blog, mas realmente tem muito que se lhe diga...=)
Gostei muito da parte de Maria Madalena, aqui descrita nos comentários...
A falta de tempo impede-me de ler tudo com mais atenção, mas eu volto :D

Suntory Time disse...

Joaninha: há muito mais para ser dito sobre Madalena, que era verdadeiramente uma Grande Mulher. Um dia faço um post sobre isso.

Alexx: Bem, sobre isso tenho de admitir que não sei grande coisa. A minha atenção concentra-se mais na história de Jesus do que nas histórias que se contavam antes. Adão e Eva por acaso são excepção. Há qualquer coisa nessa história que me fascina.

No entanto acho que não passa de uma história mesmo. Uma história altamente simbólica, mas uma história. Como todas as histórias populares tem imensas versões. A minha preferida é uma mais ou menos tradicional, parecida com a que nos ensinam mas com algumas variações. Nomeadamente a parte da costela, que não era costela nenhuma era um lado. Deus adormeceu o homem, dividiu-o ao meio e a partir de uma metade fez a mulher. Por isso é que homem e mulher se procuram, se completam. Daí a história da 'cara metade', e isso tudo. Há um link neste blog que talvez aches interessante: 'Adam's Rib?'

Mas sobre a Lillith não sei muito, não. =/

Alexx disse...

Pois, também não sei muito sobre Lillith, mas hei-de visitar esse link d k falast. Bigada ;)

Cate disse...

Pois, que o Inferno não existe, se pensarmos um bocadinho, é perfeitamente verdade.
Segundo, Maria não foi virgem tod a vida como a Igreja Católic insiste em afirmar porque Jesus até teve irmãos. Depois, nunca é dada uma única razão, para além de ser uma boa mulher, esposa e mãe, para se divinizar a figura de Maria ou para se acreditar que depois da sua morte ela passou a ter algum tipo de poder.
Mas há uma coisa que devo discordar contigo, apesar de não saber muito sobre o assunto, mas acho que Maria Madalena foi sim uma verdadeira apoiante e fiel seguidora de Jesus, porque ele (mais uma vez contrariamente à doutrina católica) nunca rejeitou as mulheres como sendo seres inferiores, e ela é que o ajudava, juntamente com os outros, de um lado para o outro, mas não creio que tenha sido mulher dele. E isso não lhe tira valor nenhum.

Anónimo disse...

Mais estúpidos que os segredo é você. Quando vc cair no inferno vai urrar desesperadamente por ter dito uma bestaeira.

Anónimo disse...

olha respeito a opiniao alheia mais queria expor a minha, veja bem se vc odiasse uma pessoa e quisesce matala,mais ela conhecesse sua mae e a pedise para interceder por ela a vc,o q vc faria iria ainda manter a sua furia contra aquela pessoa ou amenizaria,atendendo o pedido de sua mae?
E por isso q catolicos pede intercesao a mae de jesus e se nao existe inferno pq tem na biblia o dia do julgamento final?
A minha ultima duvida,se sua mae fosce assacinada bruscamente,vc perdoaria aquela pessoa?
Entao Deus e o juiz dos juizes,(a perfeiçao so e alcansada atraveis do equilibrio do justo e do injusto.gandhi.)

" O trabalho enobrece aqueles que o realizam com entusiasmo e amor" Romulo Espinar disse...

Mas é arrepiante sim o vosso fanatismo contra a Igreja e desejo-vos uma boa resposta de Deus para muito breve.